Retificar ECF: 8 passos que você deve seguir caso queira retificar seu arquivo já enviado

Tempo de leitura: 2 minutos

Retificar ECF
Retificar ECF

RETIFICAR ECF

Antes de tudo, quero te parabenizar por ter conseguido vencer mais esta etapa.

Se está aqui lendo, é sinal que passou vivo por essa obrigação acessória, então vamos continuar a luta né, não podemos parar.

Se por ventura correu contra o tempo, suou, trabalhou até tarde, mas não conseguiu enviar da maneira correta seu Sped ECF, venho te auxiliar e dar uma luz, você pode retificar.

O recurso de RETIFICAÇÃO só é praticável para QUEM ENTREGOU A ECF dentro do prazo.

 

RETIFIQUE O MAIS BREVE POSSÍVEL

A Receita Federal do Brasil recomenda que a retificação, seja efetuada o mais breve possível pelo contribuinte, antes que os arquivos sejam processados pelos servidores do SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados).

 

COMO RETIFICAR O ARQUIVO ECF ENVIADO

Como retificar o arquivo sped ecf enviado
Como retificar o arquivo sped ecf enviado

De acordo com a publicação da Nota Técnica da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) número 002, de 25 de setembro de 2015 para retificar ecf do seu arquivo já enviado, você deve seguir 8 passos, segue eles abaixo:

1 – Exporte o arquivo da ECF original;
2 – Abra o arquivo da ECF exportado em um programa tipo “bloco de notas”;
3 – Altere o campo 12 do registro 0000 para “S” (ECF retificadora)
retificar ecf arquivo
Retificar ecf – alterando arquivo para retificador
4 – Importe o arquivo da ECF retificadora;
5 – Faça a correção dos dados no programa da ECF
6 – Valide;
7 – Assine; e
8 – Transmita a ECF retificadora.

 

A versão do Validador a ser utilizada será a de número 1.07 e será publicada a partir do dia 2 de Outubro de 2015.

Fique sempre por dentro de todas nossas atualizações, cadastre seu E-mail para ser o primeiro a receber. Role a página para continuar lendo.

>

PROGRAMA ECF INDISPONÍVEL

O programa da ECF ficará indisponível para transmissão em 1º de outubro de 2015.

ENTREGA DO ARQUIVO FORA DO PRAZO

O Registro Y720 causou um reboliço quando foi lançado, por se tratar da obrigatoriedade da DIOR (Declaração de Informação de Operações Relevantes) que nada mais é que o atendimento a MP 685, onde as empresas estarão obrigadas a informar seu Planejamento Tributário e coloca-lo sob o crivo da Receita. Contudo logo a própria Receita tratou de “acalmar” os revoltos dizendo que este registro só será obrigatório para empresas que entregarem a ECF fora do Prazo.

Sendo assim para quem não conseguiu entregar de maneira alguma o arquivo dentro do prazo será obrigatório a entrega em atraso registrando o registro Y720.

Leia um pouco mais sobre alguns erros que reunimos sobre o SPED ECF clicando aqui.

Gostou do Artigo? Compartilhe com suas redes e deixe seu comentário aqui em nosso site, ficaremos muito felizes em responder suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *